Liberdade de expressão na Internet.


Data da publicação: 11/9/2017
Liberdade de expressão na Internet.

Como não comemorar? Não tirar proveito de tudo isso? Uma nova e dinâmica realidade que não retroagirá, aliás, muito pelo contrário, continuará avançando e a “passos largos”. Resistir pra quê e por quê, se nos ajuda tanto? Ela veio para resolver muita coisa, inclusive, os problemas que não tínhamos antes de seus recentes avanços.
Com toda a sua magnitude, a internet hoje bem representa uma nova forma de se viver. São negócios, relacionamentos, entretenimento, informações e muito mais. Há quem ousa dizer, hoje em dia, que os amigos não cabem na palma de suas duas mãos? São tantos, para alguns centenas, para outros até milhares.
As redes sociais têm conectado pessoas de maneira nunca imagináveis. Graças a esta fantástica evolução, pessoas desaparecidas são encontradas, notícias circulam o mundo todo em segundos, correntes de solidariedade são estabelecidas e a expressão (ou sentimento) da solidão somente ganha espaço quando se perde a conexão com o Wi-Fi, 3 ou 4G. Sim, muitos vivem este preocupante paradoxo, na medida em que depositam todas as “suas fichas” somente nas relações estabelecidas de forma online. Para Sherry Turkle, psicóloga e pesquisadora do MIT, as redes sociais estão nos deixando mais solitários – o contrário do que muitos pensam.
Mas o que impressiona mesmo é como algumas pessoas se sentem a vontade nas redes sociais. Tem gente de todo tipo, alguns falando mal do trabalho, do marido, da namorada, outros fazendo declaração de amor para alguém que sequer tem perfil naquela plataforma, e por aí vai, o que podemos chamar de diário virtual (sem chaves).

http://www.happycode.com.br/liberdade-de-expressao-sim-violacao-do-direito-alheio-nao/

CENTRAL DE MATRÍCULAS

Ligue (71) 2107 4600 ou  CLIQUE AQUI